ÚLTIMAS

6/recent/ticker-posts

Figueirense e Chapecoense ficam no 0 em Floripa pela Série B

Na chuvosa tarde desta sexta-feira (09/10), Figueirense e Chapecoense empataram em 0x0, no Estádio Orlando Scarpelli, em confronto válido pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro – mas foi o 14º jogo do Furacão e apenas o 13º da Chape, ambos com partidas a menos na competição.

Com o resultado, o Figueirense soma mais um ponto e chega aos 14 na competição, abrindo o Z4. A Chapecoense soma agora 26 pontos, na vice-liderança.

Os dois clubes voltam a entrar em campo na próxima quarta-feira, em partidas atrasadas da Série B. O Figueirense enfrenta o Sampaio Corrêa, às 16h30 (de Brasília), no Castelão, no Maranhão - válido pela 4ª rodada. A Chapecoense visita o CRB, às 19h15, no Rei Pelé, em Maceió - pela 9ª rodada.

O jogo

O Figueirense começou o jogo trocando passes e buscando espaços na marcação adversária. Em boa tabela entre Keké e Dudu, aos 2 minutos, o camisa 13 arriscou chute de fora da área, e mandou por cima do gol de João Ricardo.

Aos 9 minutos, outra boa jogada do Figueirense. Marquinho, atuando na lateral esquerda, deu grande lançamento para Keké. O atacante cruzou e a bola passou em frente ao gol da Chapecoense. Na sobra, Bruno Michel tentou jogada individual, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo.

A Chapecoense chegou com perigo aos 13 minutos. Em falta da intermediária alçada na área, a bola ficou viva nas proximidades do gol e Sidão saiu para fazer a interceptação, sendo interrompido com falta do ataque do verdão. O Figueirense respondeu aos 16 minutos. Em sobra de bola de escanteio, Matheus Neris lançou Dudu, que finalizou de primeira e João Ricardo defendeu.

O jogo perdeu intensidade, pois as duas equipes começam a errar passes no campo de ataque e a esbarrar em sistemas defensivos bem postados. A Chapecoense, em dois lançamentos para a área, levou perigo à meta de Sidão.

O Figueirense começou a segunda etapa pressionando a Chapecoense. Logo no primeiro minuto, Patrick cruzou buscando Everton Santos, mas o goleiro João Ricardo se antecipou e evitou a finalização do atacante. Aos 3 minutos, Elyeser cobrou falta na esquerda e Everton Santos cabeceou para grande defesa do arqueiro da Chape.

A Chapecoense chegou com perigo no ataque aos 9 minutos. Em contra-ataque, Anselmo Ramon recebeu na entrada da área e bateu forte, mas Sidão defendeu com segurança, em dois tempos, no centro do gol. O time visitante assustou de novo aos 12, quando Felipe Garcia bateu forte, mandando ao lado do gol de Sidão.

O Figueirense mantém a posse de bola, mas não consegue infiltrar na boa defesa do time do oeste. O Furacão só conseguiu levar perigo através da bola parada. Aos 20 minutos, Keké arriscou chute de forte, em cobrança de falta frontal, e João Ricardo defendeu no centro do gol.

Aos 38 minutos, quase que a Chapecoense abre o placar. Em jogada trabalhada pela esquerda, Evandro bateu da entrada da área. A bola desviou na zaga do Figueirense e saiu em escanteio. Na cobrança, a defesa do Furacão afastou o perigo. Aos 40 minutos, mais uma chance da Chape. Novamente pela esquerda, a bola foi cruzada na área, rasteira, e Lima bateu firme, para boa defesa de Sidão.

Nos minutos finais, o Figueirense teve duas boas chances, em chutes da entrada da área. O primeiro com Patrick, aos 46 minutos, e a segunda com Gabriel Lima, aos 47, ambas para fora, passando com perigo próximo ao gol defendido por João Ricardo.

Ficha técnica

Figueirense (0)

Sidão; Patrick, Alemão, Pereira e Marquinho; Matheus Neris (Arouca), Elyeser (Paulo Ricardo) e Dudu (Guilherme); Bruno Michel, Everton Santos (Gabriel Lima) e Keké. | Técnico: Elano

Chapecoense (0)

João Ricardo; Hiago (Lima), Joilson, Luiz Otávio e Busanello; Willian, Anderson Leite e Denner (Evandro); Aylon (Felipe Garcia), Paulinho Moccelin (Lucas) e Anselmo Ramon (Perotti); | Técnico: Humbero Louzer

Cartões amarelos: Patrick e Elyeser (FFC); Aylon e Paulinho Moccelin (ACF);


Foto: Marcio Cunha / ACF

Postar um comentário

0 Comentários