ÚLTIMAS

6/recent/ticker-posts

Chape luta até o fim e pontua, fora de casa, contra o Juventude

A Chapecoense entrou em campo na tarde deste sábado (05/12), em Caxias do Sul, para disputar contra o Juventude partida válida pela 26ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. No Alfredo Jaconi, o duelo entre a melhor defesa e o melhor ataque da competição foi equilibrado e terminou com um placar que refletiu a igualdade dentro de campo: 1 a 1. 

Após sair atrás no marcador, a Chape pressionou o adversário e acreditou até os últimos minutos, quando encontrou o gol de empate: após cruzamento rasteiro de Mike, Nery Bareiro - que já defendeu o manto do Verdão - mandou contra a própria meta, determinando o resultado final.

Com o ponto somado, a Chapecoense chegou aos 51 e segue isolada na ponta da tabela da Série B. O próximo compromisso da equipe alviverde é na terça-feira (08), contra o Avaí. A partida acontece às 21h30, na Ressacada. 

A partida

O primeiro tempo foi de poucas oportunidades claras de gol para ambas as equipes, mas com baixa importante para o time da Chapecoense, que logo aos 30 minutos perdeu Anderson Leite - que sentiu desconforto na panturrilha direita. 

Na etapa complementar, bastaram dois minutos de bola rolando para que o time da casa abrisse o placar, após cruzamento de Renato Cajá para finalização de Gustavo Bochecha. O gol do adversário, no entanto, serviu para aumentar o ímpeto da equipe da Chapecoense, que exerceu grande pressão até conseguir dar a resposta. Aos 21, Mike, que havia acabado de entrar em campo, arriscou de canhota, da intermediária, e obrigou defesa difícil do goleiro jaconeiro.

Na sequência, aos 25, Anselmo Ramon arriscou de fora da área e a bola saiu tirando tinta do travessão. Por fim, aos 45, Mike recebeu nas costas da marcação, cruzou rasteiro e Nery Bareiro mandou contra a própria meta, confirmando o gol de empate do Verdão. 

Após a partida, o técnico Umberto Louzer comemorou o ponto conquistado e já projetou o próximo confronto, que será contra a equipe do Avaí. "Mais um grande jogo, mais um desafio. Vamos enfrentar um grande adversário, num clássico no estado. Mais uma vez vamos ter que trocar a nossa formação, isso tem sido recorrente, mas isso tem provado a força do grupo. Por isso a importância de trabalhar todos da mesma maneira. Tenho certeza que aqueles que a gente escolher pra iniciar a partida vão nos ajudar a manter o bom momento que a gente vem vivendo".


Com informações de Alessandra Seidel / Foto: Márcio Cunha - ACF

Postar um comentário

0 Comentários