ÚLTIMAS

6/recent/ticker-posts

Coluna Abacate no FUT.SC: Chapecoense, amiga de todo o Brasil


Equipe Fut SC, parceiros e visitantes, hoje, 7 de março de 2021, meu blog Abacate Turbinado completa 6 anos. Se eu pudesse reunia família e amigos pra festejar legal, mas o Corona vírus não torna isso possível. Mas posso festejar 1 pouco virtualmente aqui no Fut. Num dia como hoje, qual clube catarinense se encaixaria melhor com o contexto? Chapecoense.

Chapecoense, querida Chape que está no coração do Brasil. Mas antes de conseguir trilhou todo 1 caminho. Participações no Catarinense, títulos, acessos no Brasileirão, momento SBT como patrocinador (o Vasco na Final do Brasileirão de 2000 não está sozinho). Em 2013 foi meio que o salto de qualidade, vice-campeã no Brasileirão Série B, voltando para a Série A (até então duas participações em 1978 e 1979). Foram mais 6 Brasileirões e em 2015 a estreia na Copa Sul-Americana, eliminada nas Quartas-de-Final pelo River Plate. Em 2016 o auge: campeã catarinense e outra grande campanha na Copa Sul-Americana, finalista. Visitou o Palmeiras no jogo do título brasileiro, depois destino Medellín para a ida da Final da Sul-Americana contra o Atlético Nacional. Ou quase: acidente de avião, 71 falecidos. A Chape perdia de forma imerecida e trágica seu melhor momento da história.

Comoção em todo o mundo. Os colombianos ajudaram muito quem sobreviveu, eles e falecidos voltariam ao Brasil com muitas homenagens. O Atlético promoveu evento na quarta que seria do primeiro jogo, depois abriu mão dos 2 jogos, ofereceu o título, a Conmebol aceitou. O acidente adiou a volta da Final da Copa do Brasil e rodada 38 do Brasileirão. Antes da Final da Copa, Grêmio x Atlético-MG, homenagem na Arena. No Couto Pereira, onde a Chape receberia o Atlético Nacional, torcida e a do Coritiba unidas em outra homenagem.

A Chape se remontou e fez boa temporada em 2017, com o bi catarinense, bom Brasileirão (campeã simbólica do Segundo Turno), estreia na Libertadores, finalmente o Atlético Nacional pela Recopa Sul-Americana (vice-campeã). Caiu no Brasileirão de 2019, mas em 2020 ganhou mais 1 Catarinense e o Brasileirão Série B, mais do que voltou para a Série A. Parabéns Chape, vem mais por aí com certeza.

É isso e visitem meu bloguinho: www.abacateturbinado.blogspot.com.br

* Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do FUT.SC

Postar um comentário

0 Comentários