ÚLTIMAS

6/recent/ticker-posts

Coluna Futebol e Saúde: "Caminhada: qual o objetivo?"

Foto: Daniel Reche @ pexels.com

Quero abordar esta atividade física tão democrática  que é a caminhada. Praticamente é a que apresenta menos contraindicações para ser realizada, não existe limitações com lugares, quantidade de participantes, é um bom começo para deixar o sedentarismo de lado, além de barata (exige apenas roupas e tênis confortáveis para isso) e saudável. Porém sempre devemos lembrar-nos da avaliação do médico e do professor de Educação Física para que se tenha segurança ao realizar essa atividade.

È muito comum ver um grande público caminhando por diversos locais da cidade, nunca parei alguém para saber o objetivo específico deste  realizar esta atividade. Se o objetivo desta caminhada é sair de casa, colocar as conversas em dias com alguma companhia ou se manter ativo, qualquer caminhada atinge os objetivos propostos. 

Agora, se a pessoa busca melhorar sua capacidade física, temos alguns pontos que serão importantes analisar. Acontece que no inicio conseguiremos bons resultados independente da forma que fizermos esse exercício, a menos que ela gere uma sobrecarga maior do que o corpo do praticante suporta (ex: um sedentário caminhar no primeiro dia 10 km).

Mas o fato de realizar a caminhada sempre da mesma forma irá limitar os resultados, o corpo humano precisa para evoluir que as cargas aplicadas sejam progressivas, isso irá criar adaptações fisiológicas que elevarão a forma física e saúde do praticante.

Se uma pessoa caminha todos os dias 50 minutos, nos primeiros dias talvez sinta alguma dificuldade, depois de adaptada terá um desempenho melhor, mas vai estacionar e até regredir a condição pelo fato de o organismo não ter um estímulo que o force a novas adaptações.

De uma forma bem simples podemos realizar essa progressão no caso de caminhar sempre a mesma distância é de fazer num tempo menor que o de costume, se caminhava 5 km em uma hora, fazer o mesmo percurso em menos tempo, ex:45 min, e assim diminuindo mais com o passar do tempo.

Outra forma seria caminhar essa hora distâncias maiores que a usual, ex: caminhar 5300  metros ao invés dos 5000 metros que estavam acostumados.

Podemos também com o tempo alterar os ritmos da caminhada, numa distância caminhar num ritmo, em outra aumentar a velocidade, depois diminuir novamente e assim ir brincando. Também num dia fazer uma mais intensa e no outra mais moderada, assim tendo boa recuperação.

Muitas pessoas querem correr, mas são sedentárias, nesse caso a caminhada é um bom começo. Mas não posso hoje caminhar 20 minutos, no outro dia caminhar 60 minutos e noutro sair correndo mesmo que velocidade moderada. Desta forma corre o risco de não sair de casa no quarto dia, não foi feita de uma forma progressiva organizada.

O ideal é começar caminhando moderadamente, aos poucos vai aumentando com planejamento e organização e sem afobação para essa evolução seja progressiva, saudável e segura. É muito ruim começar uma atividade que gera prazer, mas fazer de uma forma que resulte em dor ou pior, em lesão.

São apenas sugestões para quem quer, através da caminhada elevar sua condição física, caso  não se consiga  os ganhos esperados, talvez  o problema esta em não criar a adaptação para isso.

No mais qualquer tipo de caminhada é muito importante, para controlar o peso corporal, por ser prazerosa, saudável, social e desestressante. Caminhada de qualquer  forma é saúde, então, boa caminhada.

Abraço!!!!

* Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do FUT.SC

 

Postar um comentário

0 Comentários